segunda-feira, 25 de agosto de 2008

rimas

vem da luz. a energia sinistra que nos conduz
clareando pensamentos,em busca de algo que nos seduz
plorioflerando sentimentos. em uma nova estaçao
que traz em novos momentos. em uma melodia sem refrao
o poeta ainda se mantem vivo, com sua originalidade
em frases perdidas se indentifica com o novo dentro de outra realidade

1 comentário:

Rupestre disse...

massa jotace, to gostando das reflexões, tu é um poeta mesmo...